Laboratório Biolag Análises Clínicas
WhatsApp
(41) 98429-7425 Segunda à Sexta das 08h00min às 17h

FAQ – Perguntas Frequentes

Sobre o Jejum

  • O consumo de água antes da coleta interrompe o período de jejum?

    Não. A ingestão normal de água para satisfazer a hidratação não prejudica o jejum. Mas no caso do exame de urina, não deve-se ingerir grandes quantidades de água durante a noite que antecede a coleta, pois pode ocorrer uma diluição desta amostra e desta forma alterar o resultado. Por isso, o ideal é não tomar água exageradamente na noite que antecede a coleta de urina para o exame pela manhã.
  • Jejum muito prolongado altera resultados de exames?

    Um tempo de jejum muito prolongado (superior a 16 horas) causa variação nos exames. Para evitar alterações nos resultados, o laboratório não recomenda a coleta de exames após esse período, mas se solicitado pelo médico o laboratório poderá ser consultado para avaliar cada caso em particular. O tempo de jejum requerido pode variar entre diversos exames, sendo de 4 horas para boa parte dos exames, de 8 horas para alguns e de 12 horas para triglicérides e frações de colesterol.
  • Pode-se tomar café puro durante o período do jejum?

    Não. A ingestão de café pode causar interferência nos resultados de determinados exames. A cafeína interfere no metabolismo dos lipídeos, elevando os ácidos graxos livres, e alterações nas concentrações séricas do colesterol e triglicerídeos. A cafeína pode taquicardizar o paciente e deve, portanto, ser evitada no dia do exame.
  • Qual o tempo de jejum estabelecido para crianças e recém-nascidos?

    Para recém-nascidos o tempo de jejum fica entre os intervalos dos horários da amamentação. Para crianças e adolescentes o período de jejum é equivalente ao mesmo do adulto (de 4, 8 e 12 horas), dependendo dos exames. Mas o jejum preconizado poderá ser reduzido, ou até mesmo revisto para situações de urgência e diante de solicitações médicas específicas.

Sobre o uso de medicamentos

  • O uso da Aspirina altera resultados de exames laboratoriais?

    Sim. Aspirina é o nome popular do ácido acetilsalicílico e está presente em muitos analgésicos e antitérmicos, tais como AAS, Buferin, Doril, Melhoral, Aspirina Forte, Cibalena, Doloxene-A e Aspirina C. Mas também em antiácidos (Alka-Seltzer e Engov), onde está associada a outras substâncias farmacológicas. Todos os remédios com ácido acetilsalicílico interferem nos exames de coagulação do sangue (agindo no sistema da coagulação, apenas como antiagregante das plaquetas). Em altas doses, podem diminuir os valores totais de tiroxina ou T4 – um dos hormônios da tiróide. Por isso é importante avisar as recepcionistas, no momento do cadastro, quais são os medicamentos em uso.
  • Contrastes utilizados em exames de imagem interferem em exames laboratoriais?

    Sim. Os meios de contraste são substâncias de natureza química administrado por várias vias: oral, venosa, arterial ou em outras situações específicas. O ideal para evitar interferências em exames laboratoriais é que a coleta seja realizada antes do uso dos meios de contraste. Alguns contrastes iodados podem interferir em exames de laboratório por um longo período, inviabilizando a coleta de determinados exames.
  • O uso de vitaminas pode interferir nos resultados dos exames?

    Sim, elas podem interferir em certos exames. Altas concentrações de vitamina C, por exemplo, podem elevar os resultados das frutosaminas e do ácido úrico, produzir falso-negativos para sangue oculto nas fezes e provocar possíveis alterações na creatinina sérica e na dosagem da glicose. Por isso não é recomendado o uso de vitaminas antes da coleta dos exames
  • O uso de remédios interferem nos exames laboratoriais?

    Sim. Vários medicamentos podem interferir nos resultados dos exames, por esse motivo, o seu uso deve ser informado às recepcionistas do laboratório. A suspensão de qualquer medicamento em uso, antes da coleta de exames, só pode ser feita pelo médico. Quando não for possível suspender a medicação, isto será considerado na interpretação clínica do resultado.

Sobre os exames

  • Pode ser dosado beta-HCg em homens?

    Sim. Homens produzem o beta HCG quando estão com alguma disfunção hormonal. Alguns tumores de testículo produzem este hormônio, que pode ser usado como marcador tumoral para acompanhamento do tratamento e prognóstico da doença. Esse exame possui marcadores tumorais sanguíneos (alfa-feto proteína e beta-HCG) que podem ajudar no diagnóstico e no acompanhamento futuro da doença. Sendo assim, o médico poderá solicitar a dosagem do beta-HCG em pacientes do sexo masculino para o diagnóstico de algumas doenças.
  • Exames podem ser coletado à tarde ou à noite?

    Alguns, não. Por exemplo, dosagens de: Cortisol, Ferro, ACTH e TSH devem ser realizados pela manhã, porque ocorrem variações durante o dia. Existem exceções, e algumas vezes a própria solicitação do médico pede a coleta em horários diversos.
  • Por que há orientação para desprezar o primeiro jato de urina quando vamos fazer esse exame?

    O primeiro jato de urina carrega células e secreção que podem estar presentes na uretra. Quando se avalia uma possível infecção urinária, é importante que o material examinado não esteja contaminado com material da uretra. Por isso, se faz necessário desprezar o primeiro jato e coletar a urina a partir do jato médio, ou seja, uma urina que representa apenas o material que está na bexiga.
  • Praticar atividade física antes da coleta atrapalha os exames de laboratório?

    Atividade física intensa pode interferir em alguns exames, por exemplo, na glicemia. Os exames laboratoriais devem ser colhidos em condições bem definidas, que os médicos chamam de condições basais. Testes feitos após esforços físicos terão, eventualmente, valores diferentes dos realizados em condições normais

Fatores que podem interferir nos resultados dos exames

  • Uma dieta rica em proteínas pode causar alterações nos exames?

    Sim. Pode causar um aumento de uréia, amônia, ácido úrico e uratos, especialmente quando há ingesta em grandes quantidades na noite que antecede o exame. Refeições gordurosas podem causar, em alguns indivíduos, um aumento na atividade da fosfatase alcalina, de duas a quatro horas após a ingesta, sendo desaconselháveis para testes de coagulação. Por isso é recomendado um tempo de jejum de 12 horas, porque a ingesta em grandes quantidades na noite que antecede a coleta ainda são permanentes no organismo mesmo 12 horas mais tarde.
  • Bebida alcoólica pode alterar resultados de exames?

    Sim, em especial o de triglicérides. Uso de qualquer bebida alcoólica (vinho, cerveja, uísque) na véspera da coleta é suficiente para elevar os seus níveis, alterando os resultados. O álcool também altera muitos outros exames, como colesterol ou gama glutamil transferase, em intensidade variável. Por isso, o ideal é, antes da coleta dos exames, ficar pelo menos três dias sem ingerir qualquer bebida alcoólica.
  • Fumar antes de colher exames causa alterações?

    Sim. Em vários exames, principalmente em testes de agregação plaquetária e nas curvas glicêmicas. O tabaco é composto por uma ampla variedade de substâncias como a nicotina, piridina, cianureto, tianocianureto, etc. E seu uso pode apresentar aumento nos resultados de catecolaminas, glicose, aldosterona, cortisol e ácidos graxos livres, etc. As alterações causadas pelo tabagismo crônico incluem a elevação de atividade de várias enzimas, vitaminas, glóbulos brancos, marcadores tumorais, metais pesados e lipoproteínas.
  • Que orientação devo seguir quando o médico dispensar o jejum e o laboratório exigir?

    A boa prática laboratorial recomenda que, para a maioria dos exames de sangue, a coleta seja realizada após um período mínimo de quatro horas de jejum. O jejum precisa ser feito porque os valores de referência dos exames de laboratório foram estabelecidos em seres humanos dentro desse estado de jejum, e ele deve ser respeitado porque a ingestão de muitos alimentos, medicamentos e bebidas podem influenciar de forma significativa nos resultados dos exames.

Sobre o paciente

  • Estou com febre e/ou gripado, posso fazer meus exames?

    Alguns exames são solicitados para diagnóstico da causa da febre e/ou de outros sinais ou sintomas e servem para orientar o tratamento. Exames realizados para controle clínico ou para acompanhamento de doenças não associadas ao quadro febril, não devem ser realizados fora das condições normais de saúde, atividade física e alimentação. Consulte sempre seu médico e avise o laboratório antes de fazer exames nessa situação.
  • Estou menstruada, posso realizar meus exames nessa condição?

    Sim. Mas é importante que seu médico saiba em que período do ciclo menstrual seu exame foi realizado, especialmente para dosagens hormonais. Mesmo porque as alterações hormonais típicas do ciclo menstrual também podem ser acompanhadas de variações de outras substâncias.
  • Fico nervoso (a) e ás vezes chego a desmaiar durante a coleta de sangue. O que devo fazer?

    Seu estado emocional influencia a punção venosa e dificulta o acesso, ocorrendo uma vasoconstrição, podendo alterar o resultado de determinados exames (como por exemplo, as catecolaminas). Como não é algo que se possa controlar conscientemente , não tente dominar uma emoção que foge ao seu controle. Quando você estiver na sala de coleta, avise a profissional sua dificuldade. Assim ela vai saber exatamente quais serão os cuidados que terá para amenizar a sua tensão. Repousar minutos antes da coleta, e coletar na posição deitada, pode minimizar a sua ansiedade e evitar seu desmaio.
  • Por que, às vezes, após a coleta de sangue o local da punção fica roxo?

    Na maioria das vezes acontece porque houve pouco tempo de compressão no local da punção. Esta mancha roxa denomina-se "equimose" e ocorre pelo extravasamento de sangue para fora das veias. É causado também por veias finas, delicadas, ou com pressão interna elevada por uso de algum medicamento que altere a coagulação do sangue (por exemplo: aspirina, varfarina sódica, femprocumona). O procedimento de dobrar o braço após a retirada da agulha e/ou carregar objetos relativamente pesados (bolsas, mochilas, livros), contribuem de sobremaneira para a formação do hematoma mesmo após uma coleta de sangue bem sucedida.

Outras dúvidas

  • Por que é necessário fornecer meu peso e altura para determinados exames?

    Porque alguns exames como a clearence de creatinina, por exemplo, necessitam que o paciente colha urina de 24 horas (para se dosar a creatinina na urina) e também uma amostra de sangue (para dosar a creatinina no sangue). Com esses dados e mais o peso e altura do paciente, é realizado um cálculo que determina um índice da função renal. Para um resultado correto é muito importante que: 1 - O paciente colha corretamente todo o volume urinário, sem desperdício do material; 2 - O paciente não altere sua dieta para que o volume urinário se mantenha o habitual; 3 - Informe corretamente seu peso e altura.
  • Tem algum cuidado especial para a coleta de fezes?

    Não. Não precisa ser a primeira evacuação do dia, mas deve ser feita a coleta de fezes recente. A coleta pode ser realizada em casa, com frascos fornecidos pelo laboratório e ou comprados em farmácia (mas que não contenham conservantes). Sempre entre em contato com o laboratório e comunique qual é o exame solicitado pelo médico, pois alguns exames específicos de fezes precisam ser coletados e transportados em situações específicas.
  • Por que devo trazer meus documentos para a realização do cadastro?

    Porque existem muitos nomes iguais. Tenha sempre em mãos seu documento com foto no ato do cadastro. Seu cadastro será conferido com sua data de nascimento, número do seu documento e nome da sua mãe. Traga sempre seu comprovante de coleta para a retirada do resultado dos seus exames.
  • O que significa uma nova coleta ou recoleta?

    Alguns fatores conhecidos ou não presentes no sangue ou em outros materiais biológicos podem interferir nos resultados dos exames. Se acontecer com o seu exame, o laboratório entrará em contato com você para solicitar uma nova coleta (recoleta). Assim o seu exame será refeito, conferindo uma maior qualidade e veracidade na liberação do seu laudo e sem nenhuma despesa adicional para você.